Categoria "CINEMA"

O live – action de “A Bela e a Fera” vai trazer conceitos feministas !!!

Em 07.11.2016   Arquivado em CINEMA

Sabe aquele momento em que você não está aguentando de ansiedade? Pois é. É assim que eu estou, neste momento, com o live – action de “A Bela e a Fera”.

Desde criança, sou apaixonada por essa história e, em especial, pela animação da Disney. Sempre foi meu conto de fadas preferido. E isso, é claro, tem diversas razões. Primeiro, porque sempre me identifiquei com a Bela. De cabelos e olhos castanhos (assim como eu!), a  sonhadora francesinha tem uma personalidade forte e é louca por livros. Seria impossível não me identificar com ela! Em segundo lugar, porque sempre amei o conceito feminista que a história representa. Diferente dos outros clássicos da Disney, em “A Bela e a Fera”, nós não temos uma donzela em perigo. Na verdade, a heroína é Bela. É ela quem faz a Fera ver seu potencial e se tornar… bem, literalmente mais humana.

Por isso, é claro que quando saiu notícia do live – action, eu não consegui me aguentar de alegria. E para me deixar ainda mais feliz, a atriz escolhida foi a Emma Watson – a minha querida e eterna Hermione. A Emma é muito mais do que um rostinho bonito. Ela é uma mulher extremamente talentosa. Além de atuar muito bem, ela consegue lacrar como embaixadora da ONU. Toda vez que a escuto discursando sobre o Projeto #HeForShe e o feminismo, meu coração se enche de orgulho. Na verdade, acho que ela e a Hermione são muito parecidas. Inteligentes e cheias de brilhantismo, as duas conseguem nos surpreender a qualquer momento. E qual foi a minha surpresa ao acessar ontem, no facebook, a fanpage do ET? Eu descobri que a Emma quer incrementar ainda mais os ideais feministas neste novo filme.

Na animação da Disney, o pai da Bela é um inventor. E de acordo com a Emma, agora, a Bela também será uma inventora! Diz a atriz que nunca houve muita informação acerca do motivo de a Bela não se encaixar muito bem em sua época, exceto pelo fato de ela gostar de livros.  Em razão disto, para dar mais substância à história, eles quiseram dar um passado mais feminista para a francesa. Afinal de contas, o que a Bela estaria fazendo com seu tempo antes de conhecer a Fera? Usando-o para limpar a casa? É claro que não!  Daí surgiu a ideia de a nossa garota ser uma inventora. E segura o coração aí porque a Emma Watson nos deu ainda mais detalhes: no live – action, a Bela terá inventado uma máquina de lavar! Segundo a atriz, dessa forma, ao invés de a francesa demorar para lavar as roupas à mão, ela poderá usar seu tempo para ler,  por exemplo.

“We created a backstory for her, which was that she had invented a kind of washing machine (…) So that, instead of doing laundry, she could sit and use that time to read instead. So, yeah, we made Belle an inventor.”

Eu, simplesmente, estou adorando essa ideia. A Bela sempre foi uma explorada nata, por isso acho que inventar coisas é a cara dela. Fico muito feliz pela Emma estar deixando essa história que eu amo ainda mais feminista e interessante.

Para ler a matéria completa na Entertainment Tonight, é só  clicar aqui.

Você também amou essa notícia? Conta tudo  💋

5 filmes sobre o professor e a educação

Em 18.10.2016   Arquivado em CINEMA, LISTINHAS

O sábado passado, dia 15 de outubro, foi o dia do professor.  E, embora esteja um pouco atrasada, eu gostaria de prestar uma homenagem à essa figura tão importante.

Por vezes, não damos valor, mas a verdade é que alguns dos professores que passaram pelas nossas vidas foram, provavelmente, nossos melhores amigos.

Já tive o prazer de conhecer diversos professores exemplares – no ensino fundamental, ginásio e, também, na faculdade- que, a seu próprio modo, deram o melhor de si para que eu seguisse realizando os meus sonhos.

Professores: o meu muito obrigadaComo homenagem, elenco aqui cinco filmes que retratam a jornada de um educador.

Então, vamos lá  

 

1) “Carpe Diem. Aproveitem o dia, meninos. Façam de suas vidas uma coisa extraordinária.” 

Frase do filme “Sociedade dos Poetas Mortos”

Conheci  esse filme  por meio da minha professora de filosofia, quando eu estava no primeiro colegial. E ele marcou muito a minha vida. Foi com Oh! Captain, My captain (poema que os alunos declamam para o mestre Keating, personagem do maravilhoso Robin Williams, ao fim do filme) que descobri a paixão pela docência em literatura.  Ser professora e poder ensinar sobre livros e histórias é um sonho que eu ainda pretendo realizar.

2) “O que é arte? Quando uma obra é boa ou ruim? E quem decide?”

Frase do filme “O sorriso da mona lisa”

Eu adorei esse filme quando o vi! Além de apresentar a Júlia Roberts como uma independente e pouco conservadora professora de arte, o filme retrata bastante a arte “subversiva” e o feminismo da década de 50. Por isso é um filme bastante questionador e reflexivo. Vale a pena vê-lo, sem pensar duas vezes!

3) “Se vocês quiserem ser alguém e quiserem chegar a algum lugar, então é melhor acordar e prestar atenção” 

Frase do filme “Mudança de Hábito 2”

Neste segundo filme, a cantora Doloris volta a assumir a identidade da irmã Mary Clarence para poder, a pedido da Madre Superiora, dar aulas de canto em uma escola pública católica que está prestes a fechar, em razão do péssimo comportamento dos alunos.

Por meio da música e do seu comportamento nada convencional, Doloris – que é interpretada pela incrível Whoopi Goldberg – muda e inspira a vida dos seus alunos.

Mudança de Hábito 2 é um filme divertido que, sem dúvida, celebra a importância do professor em nossas vidas.

 

4) “Se você quer o rock, você tem que quebrar as regras.”

Frase do filme “Escola de Rock”

Escola de Rock é um filme espirituoso e engraçado que demonstra, com muito rock n’ roll, o quanto métodos não tradicionais de ensino podem ser eficazes.

 

5) “Você, uma vez, me perguntou como eu iria salvar sua vida. É isso. Este é o momento”

Frase do filme “Mentes Perigosas”

 

Resgatando a linha dos filmes anteriores, Mentes perigosas trabalha com a ideia de “Reforma de Ensino”. Como fazer com que alunos rebeldes, desinteressados – e de uma realidade completamente diferente da sua- se sintam motivados à aprender? Como demonstrar que uma pessoa pode ser quem ela quiser na vida? Como demonstrar e permitir que cada um tenha a opção de escolha? Mentes perigosas é um filme que, no íntimo, trata justamente disso: da escolha.

Rejeitando o princípio determinista, traduzido na expressão “você é aquilo que o meio social determina”,  a professora Louanne – interpretada pela talentosa Michelle Pfeiffer- busca conhecer mais da realidade dos seus estudantes. Deixando de lado os rótulos sociais, ela se utiliza de músicas e poemas que façam eco à vida deles. Propõe prêmios, concursos e, também, diálogos sobre escolhas e expectativas e, assim, transforma a  todos.

É claro que neste percurso nem tudo são flores. Louanne têm de enfrentar a direção da escola que discorda dos seus métodos de ensino, muito embora eles tenham sido os únicos a ter efeito nos estudantes. Ela se depara, também, com muitas tristezas e choques de realidade, porém,  junto de seus alunos, ela persevera, ensina e aprende.

Em suma, Mentes perigosas é um filmes inspirador. Retrata as dificuldades com as quais a maioria dos educadores, senão todos, se depara em algum momento da jornada. E demonstra, também, que o autoritarismo nem sempre é eficaz. Ás vezes, o melhor é se aproximar dos alunos, conhecê-los e aprender junto com eles. Com amor e  e dedicação, a maioria das coisas – nem todas, verdade seja dita, mas a maioria – funciona.

E, aí vocês gostaram da listinha de filmes? 😍

Conta tudo  💋

 

 

 

Playlist: 12 músicas tiradas dos Filmes de Romance

Em 14.10.2016   Arquivado em CINEMA, MÚSICA

 

E, enfim, saiu a primeira Playlist do Blog.  Acho Playlists incríveis, não só porque, no geral, elas são temáticas,  mas também porque nos permitem conhecer músicas novas – algo que eu adoro fazer. E tem como não gostar de música?! Acho que não. Afinal, com a música uma cena banal, de repente, se enche de significado. Todas as coisas banais se tornam pérolas de beleza e efervescência (frase do filme “Mesmo Se Nada Der Certo”).

A Playlist de hoje faz a junção de duas coisas que eu amo: trilha sonora e romances. São doze músicas incríveis retiradas diretamente das telonas românticas. Por isso, está I-M-P-E-R-D-Í-V-E-L.

Então, vem! 🎵 🎧

 

❤  Segue a lista de filmes:

  1. If Leave Me Now: toca no filme De repente é amor
  2.  I’ll Be There For you: também toca no filme De repente é amor
  3. My Girl: toca no filme My Girl
  4. There Is A Light That Never Goes Out: toca no filme 500 dias com ela
  5. Friday I’m Love: toca no filme Questão de Tempo e Como se fosse a Primeira Vez
  6. Boys Don’t Cry: toca no filme Amizade Colorida
  7. Iris: toca no filme Cidade dos Anjos
  8. Why Can’t I: toca no filme De repente 30, Meu novo amor e  Um Encontro com seu ídolo
  9. Bennie And The Jets: toca no filme Vestida para casar
  10. Wild World: toca no filme Meu novo amor
  11. She: toca no filme Um lugar chamado Notting Hill
  12. Love You ‘Till The End: toca no filme P.s  Eu te amo

Aaah, eu sou apaixonada por todas essas músicas! Vocês também gostaram da Playlist? Conta tudo 😍

E me sigam no Spotify também, porque logo teremos mais Playlists por lá 🌟 💋

 

Página 5 de 9123456789