O que eu achei de “Animais Fantásticos e Onde Habitam”

Em 17.11.2016   Arquivado em CINEMA

Fui hoje ao cinema para assistir  à “Animais Fantásticos e Onde Habitam” e, como a boa fã de Harry Potter que sou, não podia deixar de compartilhar  o que eu achei do filme. Então, vamos lá!

Para quem não sabe “Animais fantásticos e onde habitam” foi baseado no livro de mesmo nome escrito pela J.K ,  sob o pseudônimo de Newt Scamander.  Porém, como este livro é, na verdade, uma espécie de enciclopédia, ou seja, não é uma narrativa, mas uma relação didática com informações acerca das criaturas fantásticas que habitam o mundo de Harry Potter, a J.K também escreveu novos contos  para incrementar o enredo do filme. Portanto, a versão cinematográfica de “Animais fantásticos e onde habitam” é uma história completamente nova inspirada no livro e nos contos disponibilizados  no Pottermore.

Os contos da J.K, que inspiraram o filme, narram sobre o mundo bruxo dos EUA. Sim, você não está enganado! Existe um mundo mágico para além da Inglaterra. Aliás, já sabíamos disso desde o “O Cálice de Fogo”, quando foram introduzidas outras duas escolas de magia, a do Viktor Krum, Durmstrang, (localizada ao norte da Suécia ou Noruega) e a da Fleur, Beauxbatons (França). Vocês se lembram? Pois bem, a querida J.K resolveu criar, então, um Ministério  de Magia e uma Escola da Magia também nos Estados Unidos da América. NY, aqui vamos nós! Nos contos, nós passamos a conhecer o MACUSA (congresso mágico dos EUA) e a escola de magia americana Ilvermony. Para ler estes contos traduzidos no Pottermore, é só clicar aqui  e aqui.

O filme “Animais Fantásticos” vai ter como cenário, justamente, a cidade de NY, nos loucos anos de 1920 …. ou seja,  cerca de 70 anos antes dos acontecimentos de “Harry Potter e a Pedra Filosofal”. Já está imaginando o que vem por aí, certo? Uma história sobre Dumbledore e  Grindelwald, pois é! OBS: essa informação já foi compartilhada há algum tempo pela diva J.K, então não é um spoiler! A franquia de “Animais Fantásticos” renderá  cinco filmes. Este, que estreou hoje, foi apenas o primeiro. WHAT IT MEANS? AND FOUR TO GO!

Neste primeiro filme, a intenção era justamente descortinar o mundo mágico de NY e introduzir a história de nosso diretor preferido, Dumbledore, e o bruxo Grindelwald.

No filme, temos quatro personagens centrais:

1) Newt Scamander.  O ex- aluno de Hogwarts, pertencente à casa Lufa – Lufa, é um excêntrico entusiasta na fauna do mundo bruxo. Se você quer conhecer sobre as criaturas e suas propriedades mágicas, é só perguntar para o Newt ali. Ele está prestes a publicar um livro. Adivinha como ele se chama? Sim, “Animais fantásticos e onde habitam”. E o que ele está fazendo em NY? Bem, vocês vão ter que assistir para saber! HAHA

 2) Tina Goldstein. É a certinha e ambiciosa funcionária do MACUSA. Ela me lembrou um pouquinho a Mione… porque será?😂

3) Jacob Kowalski. É um não – maj que acaba, por acidente, se juntando à aventura. Acho que as cenas mais hilárias do filme são com o Jacob. OBS: não -maj é o termo que os americanos usam para se referir aos não bruxos. Logo, significa a mesma coisa que “trouxa”.

4) Queenie Goldstein. É irmã da Tina. Também trabalha no MACUSA. Ela é bastante engraçada. Aposto que vocês vão gostar da personagem!

“Animais Fantásticos” foi um filme de que gostei bastante. Ele não foi mais e nem menos do que eu esperava. Foi exatamente o que eu achava que seria. E o que eu quero dizer com isso? Quero dizer que foi um filme bom, um filme que me fez relembrar, com muita saudade, do mundo de Harry Potter. Foi um filme que me fez pensar “Oh, boy… como é bom estar de volta“. Mas, ao mesmo tempo, não foi – como eu já sabia que não seria – a mesma coisa que Harry Potter. Simplesmente, acho que nenhum filme ou livro, ainda que se passe nesse mesmo mundo mágico da J.K, vai superar o que eu senti com os sete livros e oito filmes anteriores. Enfim, o que eu quero mesmo dizer é que não foi a mesma coisa que assistir ao nosso eterno trio, interpretado pelos queridos Dan, Emma e Rupert. O que não significa que “Animais Fantásticos” tenha sido ruim. Não, muito pelo contrário: é um filme que vale a pena assistir, ainda mais se você é fã de Harry Potter.

A história é interessante. Mescla humor, aventura e romance. Tem efeitos especiais legais. Personagens muito bacanas (amei o Newt!). E muitas – mas, muitas mesmo- criaturas fantásticas. Portanto, sim: assista!

Em suma, pessoal, ainda que não tenha sido a mesma coisa, foi incrível poder voltar ao universo de HP. Acredito que os próximos quatro filmes desta franquia serão muito melhores. Como eu disse, este primeiro buscou introduzir toda a história. Vem muita coisa boa por aí! Então, fãs de Harry Potter, uni-vos. hahaha

Vocês já assistiram Animais Fantásticos e Onde Habitam? Ou  querem assistir? Conta tudo, por favor 💘

E só para avisar: na segunda – feira, provavelmente, deve sair resenha da peça “Criança Amaldiçoada”. Li há poucos dias  o roteiro e quero muito comentar sobre ele aqui com vocês! 💋